Mãos digitam no teclado de um laptop

Azure gerenciado da nuvem pública ou privada

Com o Azure gerenciado, empresas desenvolvem e gerenciam aplicativos de maneira mais eficiente e com recursos de computação em nuvem ilimitados

Gerenciar Iaas, PaaS e SaaS na nuvem

Microsoft Azure é a plataforma de computação em nuvem pública da Microsoft, disponível no mundo todo. Baseada em padrões consistentes, ela oferece Infraestrutura (IaaS), Plataforma (PaaS) e Software como Serviço (SaaS) para cálculos, análises, armazenamento, networking ou IoT. Os usuários usam o Azure para desenvolver novos aplicativos ou para executar aplicativos existentes na nuvem pública e privada. 

Expandir o Microsoft Azure de maneira flexível e segura

Enquanto parceiro Cloud Solution Provider (CSP) nível 1, a T-Systems oferece tanto o Microsoft Azure Stack quanto o Azure público. Dessa maneira, recursos de nuvem privada altamente seguros podem ser expandidos de maneira flexível com capacidades adicionais da plataforma Azure Public. Caso uma empresa precise de um ambiente de desenvolvimento ou de mais desempenho de processamento para análises de dados temporárias, ou se precisar lidar com picos de demanda sazonais, ela pode transferir cargas de trabalho para a nuvem pública. Dessa maneira é criado um ambiente híbrido, que atende a todas as exigências – tanto em relação a um desenvolvimento ágil, IoT e soluções de análises, quanto em relação a requisitos rigorosos de conformidade – e tudo a partir de uma única fonte.

É possível, por exemplo, disponibilizar e gerenciar máquinas virtuais (VMs), contêineres e processamentos em lotes, ou ainda oferecer suporte ao acesso a aplicativos remotos. Usuários usam os serviços Azure para fornecer aplicativos da web, armazenamento em nuvem escalável para dados estruturados e não estruturados, assim como grandes projetos de dados. Serviços de análise permitem análises em tempo real, análises de Big Data, aprendizagem de máquina, inteligência empresarial ou soluções de Internet das Coisas (IoT), com as quais os usuários podem coletar, monitorar e analisar dados.

Microsoft Azure em todas as versões

Aplicativos e cargas de trabalho podem ser operados e transferidos sem quaisquer problemas. Aplicativos que foram desenvolvidos na nuvem pública podem ser disponibilizados no local no Azure Stack, contanto que também estejam disponíveis na versão de nuvem privada Azure. Não são necessárias alterações no código. Lidar com os serviços é tão complexo quanto as inúmeras possibilidades. O portfólio Azure e a alta velocidade de inovação requerem processos ágeis de TI e os conhecimentos adequados para entender, combinar e implementar os elementos de configuração. Para oferecer o melhor suporte possível para as empresas na configuração e no gerenciamento, a T-Systems, enquanto Parceiro global Microsoft Gold, oferece serviços gerenciados abrangentes. Os serviços baseados em ITIL também abrangem serviços de segurança como o Managed Portal, Azure Cost Control e Monitoring.

SAP on Azure pelo ISG Provider Lens™

A T-Systems foi considerada líder em SAP On Azure por ser parceira SAP Platinum, parceira Microsoft Gold e parceira certificada do Microsoft Azure.

Recursos Azure no modo de autoatendimento

Desenvolvedor observa concentrado o monitor de um computador

No módulo básico "MCS Azure – Foundation", a T-Systems gerencia todos os principais recursos, incluindo redes virtuais, roteamento, peering ou KeyVault. A configuração dos direitos de acesso para todos os serviços Azure, o alinhamento regular dos recursos disponibilizados em relação às diretrizes definidas, relatórios de custos e monitoramento também estão inclusos. O módulo "MCS Azure – Advanced" expande estes serviços básicos para incluir máquinas virtuais (VM) e instâncias do sistema operacional (OS). Estas também são gerenciadas pela T-Systems – incluindo atualizações regulares de qualidade e segurança de acordo com as especificações publicadas da Microsoft ou do respectivo distribuidor Linux. No modo de autoatendimento, os clientes podem adicionar ou remover todos os recursos de maneira flexível.

Infográfico Azure público e Azure Stack


Azure Stack gerenciado para a nuvem privada

Uma mão digita algo no smartphone, a partir do qual dados são exibidos holograficamente.

Com o Microsoft Azure Stack é possível integrar a nuvem Microsoft Azure em qualquer lugar, seja no próprio datacenter local ou em um datacenter altamente seguro da T-Systems. Assim, além de recursos de computação flexíveis, também ficam disponíveis no local serviços de plataforma e software Azure. Quando a T-Systems oferece o Azure Stack a partir dos seus próprios datacenters enquanto fornecedor de nuvem gerenciada, os usuários podem usar os recursos de maneira flexível como em uma nuvem pública. A vantagem: dessa maneira, o Microsoft Azure Stack se torna especialmente adequado para empresas que precisam atender a altas exigências de conformidade e proteção de dados.

Microsoft Azure Stack na nuvem privada

Com o Azure Stack, você leva para casa a nuvem e as vantagens associadas

Azure Stack em uma nuvem híbrida

O Azure Stack pode ser usado também como nuvem híbrida, o que permite realizar soluções personalizadas. Seja para projetos temporários, como ambiente de desenvolvimento ou teste ou para gerenciar o excesso de carga, o Microsoft Azure oferece recursos adicionais para empresas. Ao mesmo tempo, aplicativos podem ser transferidos sem problemas entre o Azure Stack e o Azure. Por exemplo, para uma empresa que opera uma solução abrangente de IoT, grandes quantidades de dados podem ser (pré-)processados inicialmente próximos à produção através do Azure Stack e, em seguida, transferidos para a nuvem pública para análises posteriores. Neste cenário híbrido, dados e aplicativos críticos para a segurança continuam no ambiente de TI privado.

Segurança máxima Azure em datacenter próprio

Um homem com um laptop no colo verifica alguma coisa na sala de servidores

A construção e a operação de um ambiente de nuvem privada próprio Azure Stack são complexas – desde o serviço de housing até a rede e a seleção e integração de appliance. Por isso, com o DSI Azure Stack, a T-Systems disponibiliza não apenas a plataforma da Microsoft, mas também assume o design, a configuração e a operação. Os dados e aplicativos se encontram em hardware dedicado no datacenter da T-Systems ou no local do cliente. O provedor de nuvem se responsabiliza pela disponibilidade e desempenho constantes dos recursos, e a T-Systems enquanto Azure Stack gerenciado assume tarefas de gerenciamento como o monitoramento dos serviços ou a eliminação proativa de erros. Assim, as empresas recebem uma solução de nuvem privada altamente segura e que pode ser expandida facilmente para nuvem híbrida.

Guia prático para gerenciamento de nuvem múltipla

Saiba como você pode reduzir a complexidade do gerenciamento de nuvem múltipla.

Nuvem pública gerenciada Azure

  • Implementação e operação do Azure
  • Migração de dados e sistemas existentes
  • Combinação dos elementos de configuração disponíveis
  • Otimização de custos e monitoramento contínuo

Nuvem privada gerenciada Azure Stack

Em uma grade de rede, diversos números em laranja estão dispostos como em um perfil geográfico
  • No local ou no datacenter da T-Systems
  • Implementação, operação e serviços de valor agregado
  • Serviços completos, desde a integração até o gerenciamento de recursos
  • Patches e atualizações regulares
  • Modelo de preços OPEX para appliance e operação
  • Serviços gerenciados em nuvem 

Especialistas certificados pela Microsoft

Microsoft Azure Logo

Mais de 1.500 especialistas em transformação e 2.000 especialistas certificados pela Microsoft trabalham na T-Systems. Eles oferecem consultoria durante o desenvolvimento de uma arquitetura segura, assim como na seleção de serviços e ferramentas, além de fornecer serviços de cobrança, suporte, gerenciamento e rede. A nuvem Azure é recomendada para uma variedade de cargas de trabalho ou para complementar componentes de nuvem para aplicativos MS locais existentes - as licenças já adquiridas para ambientes Windows e Office são mantidas.

Gerenciamento correto da nuvem múltipla

Orquestração dos recursos e diferentes aplicações em diferentes nuvens

Ecossistema digital

Para se preparar para o futuro, as empresas precisam de quatro componentes: Conectividade, Cloud & Infraestrutura de TI, Segurança e Digital. Uma plataforma de PaaS como o Microsoft Azure é um componente da infraestrutura de nuvem.

Sobre a nossa estratégia

Estamos ansiosos para te ajudar com seu projeto!

É um prazer disponibilizar os especialistas adequados para você e responder às suas dúvidas sobre o planejamento, implementação e manutenção dos seus planos de digitalização. Entre em contato conosco!