Cloud

Uma nuvem forte deve ser dinâmica

Nós oferecemos soluções em nuvem de ponta-a-ponta

A computação em nuvem na empresa deve ser avaliada de forma completa. Isso inclui ao mesmo tempo as redes e infraestrutura e também as aplicações e processos. Isso deve ser implementado de forma padronizada e individualizada.

A nuvem forte

Analistas estimam que a indústria global de plataforma como serviço (platform-as-a-service) deve crescer em $15 bilhões em 2017. Durante esse período, os serviços de cloud pública devem aumentar em um percentual anual de 23,5%, de acordo com o site searchcloudcomputing.com. Estimativas posicionadas pelo Experton Group indicam que mais de €4.5 blhões serão gastos com estruturas de nuvem ao longo deste ano somente na Alemanha. Embora debates sobre segurança de dados e cybercrimes tenham deixado suas marcas, eles não conseguiram parar o crescimento triunfante da computação em nuvem.
Cloud Computing in numbers
Afinal, a nuvem promete trazer um desenvolvimento aprofundado e a aceleração dos processos de negócio por meio de um posicionamento de recursos mais eficaz no Mercado ou mesmo o estabelecimento de novos modelos de negócio e grande economia de custos. Mais além, a nuvem manteve-se fiel à sua promessa: "Com serviços em clous, as empresas ganham flexibilidade, qualidade, velocidade e eficiência”, diz o Professor Dieter Kempf, Chairman da associação da indústria de TI BITKOM, resumindo os resultados obtidos pelo relatório "Cloud Monitor", iniciado em conjunto com a empresa de consultoria KPMG.
Essas vantagens, porém, só poderão ser atingidas por meio de soluções em nuvem que cubram os requisites empresariais mais simples, ponta-a-ponta – incluindo conceitos de segurança.

Desenvolvimento específico para empresas

Diferente daquelas voltadas para o consumidor, as soluções em cloud direcionadas a empresas possuem um forte foco em segurança, desempenho, alta disponibilidade e integração continuada. Somente neste nível é que empresas são capazes de escalar seus recursos de TI, ainda que sem aviso prévio, para poderem adaptar-se às necessidades atuais, à medida que a nuvem torna disponíveis os recursos necessários na forma de infraestrutura, plataformas, ou software como serviço (SaaS). Somente uma nuvem que adentre a estes critérios permite uma entrega dinâmica e o uso versátil das aplicações convencionais de empresa, tais como SAP software ou‎ SAP HANA, de análise tecnológica. Empresas, com isso, ganham flexibilidade e conseguem adicionar recursos para serem usados a curto prazo sem grandes perdas ou atrasos.
Em suas rotinas diárias, os usuários podem desenvolver novos mercados de maneira mais rápida, já que eles são capazes de estabelecer e implementar diretrizes de TI em prazos menores. Essa TI mais ágil torna os processos de negócio mais eficientes e dinâmicos além de acelerar o desempenho. A distância com o cliente é reduzida, parcialmente por causa de diversos fragmentos de informação que são gerados a partir de uma miríade de formatos e plataformas de comunicação que podem ser analizados de forma muito mais eficaz. Já não importa mais se os dados são obtidos de forma estruturada ou não, já que a big data permite a rápida análise e avaliação de tudo em questão de segundos. Para tornar isso possível, contudo, as condições de estrutura são primordiais: eficácia em big data não existe sem a nuvem!