Um homem de negócios está à frente de servidores e trabalha em um tablet

Serviços de housing para a operação de um datacenter

Os serviços de housing oferecem diversas vantagens para as empresas: os custos totais são reduzidos, a continuidade dos negócios é garantida

Operação alternativa de datacenter: Housing e Colocation

Se as empresas não querem operar um datacenter próprio no local ou desistem do datacenter existente, existe uma alternativa: housing. O datacenter é configurado com um fornecedor de TI, enquanto a operação do servidor permanece nas mãos do contratante. O serviço de housing pode ser usado para continuidade dos negócios e recuperação de desastres.

Fornecedor de Housing para o gerenciamento de continuidade dos negócios

Dois colegas estão em frente a um armário de servidor com um laptop e conversam

O Serviço de Housing se tornou uma alternativa para a operação própria de um datacenter. Ele é a opção correta para empresas que querem realizar a operação da própria TI, porém sem precisar lidar com os esforços para infraestruturas de datacenters. No housing, a empresa usuária mantém o acesso completo sobre o hardware, porém alivia o gerenciamento de estruturas. Não é mais necessário manter estruturas próprias para a operação dos recursos de TI, incluindo a segurança física, proteção contra incêndios, alimentação de energia (de emergência) e ar-condicionado. Tudo isso pode ser assumido pelo fornecedor do serviço de housing, por exemplo, a T-Systems, que disponibiliza o espaço em suas próprias instalações de datacenter. Além disso, datacenters de housing com eficiência energética oferecem a oportunidade de reduzir custos permanentemente.

Parte de conceitos modernos de sourcing

As áreas de datacenters prontas para o uso incluem alimentação redundante de energia e ar-condicionado, inclusive o fornecimento de emergência autossuficiente, excelente conexão à rede, assim como zonas separadas de proteção contra incêndios. A T-Systems garante os padrões de segurança, a operação certificada e a concepção de estrutura moderna – ou seja, tudo o que é necessário para as áreas de datacenters próprios.

Mesmo para conceitos de sourcing modernos, o serviço de housing é um complemento útil: sistemas antigos que ainda não estão prontos para ir para a nuvem podem ser "estacionados” nos datacenters de housing. Isto também é válido para empresas que desejam construir ou renovar seu próprio datacenter. Como as novas diretrizes de BI exigem uma geo-redundância maior, os responsáveis pela TI precisam desenvolver novas estratégias para a continuidade dos negócios. Para isso, o serviço de housing também é uma excelente escolha: como uma área adicional para a recuperação de desastres ou backup.

Estamos ansiosos para te ajudar com seu projeto!

É um prazer disponibilizar os especialistas adequados para você e responder às suas dúvidas sobre planejamento, implementação e manutenção dos seus planos de digitalização. Entre em contato conosco!

O que considerar ao selecionar um fornecedor de Housing:

  • Selecione o seu datacenter de Housing de acordo com o seu projeto
  • Avalie se é necessário realizar uma personalização, por ex., devido a exigências de segurança extremas
  • Conheça os seus custos e faça os cálculos dos efeitos de economia que serão causados com a mudança (planejamento otimizado de racks/efeitos PUE)
  • Verifique se a conexão de rede é suficiente (palavra-chave Latência)
  • Pense sobre quais serviços extras o fornecedor de housing oferece
  • Descubra se o seu fornecedor oferece consultoria no contexto de segurança e serviços de migração, para a terceirização para a nuvem
  • Visite os datacenters com antecedência e esclareça dúvidas sobre segurança e conformidade

Analisar custos com precisão

Uma mulher escreve com caneta azul em um quadro branco

Apenas poucas empresas conhecem os custos totais de propriedade (TCO) de seus datacenters, ou seja, os custos totais para aquisição e operação. No entanto, os TCO são o fator mais importante para a decisão por um serviço de housing, ainda que seja difícil uma comparação direta. No serviço de housing, é importante a relação de CAPEX para OPEX. Enquanto os gastos com investimentos são reduzidos, os custos operacionais podem aumentar. Os custos para o gerenciamento de infraestrutura se tornam transparentes pela primeira vez em muitas empresas. Vantagens diretas de custos resultam, principalmente, de datacenters com eficiência energética.

Quando um pouco a mais não faz mal

Além do portfólio original de serviços de housing, alguns fornecedores oferecem serviços adicionais como hardware de criptografia, planejamento, cabeamento e ligação a diferentes provedores de nuvem, assim como serviços de rede. Existe até a possibilidade de servidores do provedor de nuvem localizados na sala ao lado. Além disso, a escolha de um provedor de housing também abre a oportunidade para uma conexão de rede com melhor desempenho dos serviços de TI. São possíveis até 240 GB/s.

Georredundância e continuidade dos negócios

A colocação ou a hospedagem não são um tema novo. Aliás, a operação dos sistemas de TI oferece claras vantagens fora dos centros de computação. Você pode descobrir essas vantagens no whitepaper.

Serviços de housing na Alemanha

Serviços de housing

Os datacenters da T-Systems em Munique, Frankfurt e Magdeburg/Biere estão em conformidade com os máximos padrões de segurança e gerenciamento. Se desejado, a T-Systems pode somar serviços adicionais de TI aos serviços de housing: conexões de rede de banda larga, concepção e design de segurança, bem como serviços no local. No modelo de housing, as empresas usuárias mantêm o controle total sobre sua TI até o nível de infraestrutura, atendendo, assim, a todos os requisitos regulamentares para as operações de TI. Além disso, a rede do centro de dados permite a operação geo-redundante da TI de acordo com as recomendações do BSI (Escritório Federal de Segurança em Tecnologia da Informação) publicadas em 2018. O BSI aumentou a distância mínima para a geo-redundância para 100 quilômetros. O recomendado são, na verdade, 200 quilômetros. No caso de distâncias de mais de 100 quilômetros, os tempos de execução de pacotes em clusters active/active são tão grandes que uma sincronização em tempo real não é possível. Por isso, no caso de uma distância de 200 quilômetros, só é possível considerar um datacenter de backup.

Vista de trás de um cenário de um centro de computação

Visite o centro de computação de Biere/Magdeburg - Uma área de 10.800 km2 espera por você.

Alegramo-nos com a sua visita!

Otimização da redundância

Sistemas de TI críticos para os negócios requerem uma configuração redundante e à prova de falhas (recuperação de desastres, DR) para cenários de failover ou failback. Se uma parte do cluster falhar, a outra assume com RPO/RTO mínimo (objetivo de ponto de recuperação, objetivo de tempo de recuperação), a fim de garantir a continuidade dos negócios. Geralmente, os dois clusters de recuperação de desastres são construídos em datacenters diferentes, porém, pelo menos em zonas diferentes de proteção contra incêndio. O serviço de housing é uma opção geral para a redundância. Os sistemas primários da empresa são operados no próprio datacenter, enquanto o espelho de DR se encontra em um datacenter de housing.

Ecossistema digital

Para se preparar para o futuro, as empresas precisam de quatro componentes: conectividade, nuvem e infraestrutura de TI, segurança e digitalização. A hospedagem libera o orçamento para a digitalização e alivia as atividades do dia a dia.

Sobre a nossa estratégia
Do you visit t-systems.com outside of Brazil? Visit the local website for more information and offers for your country.